Próteses Dentárias

Próteses Dentárias

Podemos substituir um ou mais elementos dentários perdidos através das próteses dentárias, as quais podem ser classificadas em totais ou parciais.

Existem dois tipos de próteses parciais, cada qual com sua indicação precisa: fixas e removíveis. Como próprio nome sugere, as próteses parciais fixas são fixadas aos dentes de suporte, não sendo possível sua remoção pelo paciente, pois funcionam como dentes naturais. Já as próteses removíveis são fixadas aos dentes e suportadas através de grampos, dando a possibilidade ao paciente de removê-las.

No caso da perda de um ou mais dentes, é fundamental que seja realizado o trabalho de prótese dentária visando a manutenção do equilíbrio da oclusão, caso contrário, se inicia um processo de movimentação espontânea dos dentes numa tentativa da natureza de fechamento do espaço criado com a extração: os dentes vizinhos começam a se inclinar em direção ao espaço, criando vãos entre os outros dentes, e os dentes antagonistas começam a se deslocar verticalmente, perdendo sua implantação óssea.

Próteses mal adaptadas podem acarretar problemas nos dentes de suporte, gengiva e osso, criando um desequilíbrio no sistema de mastigação.