Ortodontia

Ortodontia

A ortodontia e a ortopedia facial são especialidades da odontologia que visam, através da utilização de aparelhos fixos e/ou removíveis, a correção de posicionamentos dentários e relacionamento das bases-ósseas inadequados, buscando proporcionar ao paciente equilíbrio na forma das arcadas e na função mastigatória.

Apesar de a estética ser um dos fatores que mais levam as pessoas à busca de tratamento ortodôntico, outros fatores são igualmente importantes: a falta de um alinhamento adequado dos dentes implica em resultantes de forças incorretas sobre eles tendo como consequências danos a todo o sistema mastigatório, envolvendo os dentes, músculos articulações e bases ósseas.

Além disso, o posicionamento dentário inadequado gera uma dificuldade muito grande por parte do paciente em manter uma higienização bucal adequada, resultando num maior acúmulo de placa bacteriana, tártaro e com isso numa maior tendência ao aparecimento de cáries, alterações gengivais e ósseas.

Cada tratamento ortodôntico a ser realizado tem uma maneira específica de ser conduzido e uma idade ideal para ser iniciado. Deve-se avaliar se o problema apresentado pelo paciente é dentário, esquelético ou uma combinação de ambos. Muitos destes problemas, que poderiam ter sido corrigidos precocemente, requerem tratamentos mais complexos no futuro por não terem sido iniciados no momento ideal. Já em outras situações, se o tratamento ortodôntico for iniciado muito cedo, o paciente tende a se cansar, passando a não colaborar com o uso do aparelho ortodôntico.

A cada dia mais e mais adultos vêm buscando tratamento ortodôntico por questões estéticas e funcionais. A idade não é mais considerada um fator limitante na maioria dos casos desde que as condições ósseas e gengivais sejam boas.

Quem pode orientar sobre a época ideal de início de tratamento ortodôntico é, portanto, o especialista.