Disfunção da ATM

Disfunção da ATM

A articulação temporomandibular (ATM) é responsável pela movimentação mandíbular. Qualquer problema que impeça o adequado funcionamento deste complexo sistema de músculos, ligamentos, discos e ossos é chamado de DTM (Disfunção Têmporo-Mandibular). Vários fatores estão envolvidos na DOF (Dor Orofacial), incluindo fatores genéticos, hábitos orais parafuncionais (hábito de apertar os dentes, roer unhas, mascar chicletes ou morder objetos com frequência). Até mesmo o estado emocional do paciente tem influência na DTM/DOF. Atualmente se diz que essa é uma condição “multifatorial”. Esses quadros podem vir acompanhados de dor orofacial (DOF) e podem atingir todas as faixas etárias.

Alguns dos sintomas mais comuns de DTM são:

  • Dores de cabeça (freqüentemente parecidas com enxaquecas), dores de ouvido, dor e pressão atrás dos olhos;
  • Sensação de desencaixe ao abrir ou fechar a boca;
  • Dor ao bocejar, ao abrir muito a boca ou ao mastigar;
  • Mandíbulas que "ficam presas", travam ou saem do lugar;
  • Flacidez dos músculos da mandíbula;
  • Uma brusca mudança no modo em que os dentes superiores e inferiores se encaixam;
  • Em casos mais avançados, pode ocorrer o deslocamento do disco articular, o que impossita o fechamento da boca.

Embora não exista uma cura para a DTM, existem diversos tratamentos que você pode seguir para diminuir consideravelmente os sintomas.

O correto diagnóstico é de suma importância para que o tratamento de disfunção da ATM seja eficaz, prevenindo a progressão do quadro.